segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Scania vai fabricar ônibus expresso para Copa


19/8/2010
ABCD Net News

A Scania anunciou nesta terça-feira (17/08) a criação de uma divisão para construir ônibus BRT (Bus Rapid Transport), veículos expressos que estão programados para operar em nove das 12 cidades da Copa 2014. O investimento do País nesse tipo de transporte será de R$ 6 bilhões até 2013.

Com fábrica em São Bernardo, a Scania terá a divisão de BRT comandada por Claudio de Senna Frederico, ex-secretário de Transportes do Estado de São Paulo. A divisão também vai cuidar da área de veículos movidos a combustíveis mais limpos, principalmente o etanol, que já são exportados pela empresa para países como a Suécia, mas não têm mercado no Brasil.

O BRT foi escolhido por nove cidades que serão da Copa de 2014. O veículo é apontado como de grande mobilidade urbana para o evento. O Brasil já tem várias cidades com sistemas semelhantes ao BRT, entre elas São Paulo e Curitiba, a primeira a realizar esse tipo de projeto no mundo.

As empresas do setor apresentam a representantes das três esferas do governo um plano para a implantação de BRTs nas 27 capitais e mais 20 cidades com mais de 500 mil habitantes. As empresas querem aproveitar o impacto dos projetos da Copa para que até o fim da década o sistema esteja implantado em mais 38 cidades.

O argumento dos transportadores é que os BRTs têm custo de implantação equivalente a um décimo do de um metrô e pode ser feito em menos tempo. Eles defendem que poucos corredores em algumas cidades grandes do Brasil teriam passageiros suficientes para que o metrô operasse e pagasse seus custos de implantação sem dar prejuízo.

Algumas linhas de BRT têm capacidade para transportar até 45 mil passageiros/hora, metade do máximo de uma linha de metrô, que raramente opera nesse nível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário