domingo, 19 de dezembro de 2010

Pernambuco pode tirar do Ceará fábrica de ônibus a hidrogênio

19/12/2010 - Diário do Nordeste - Egídio Serpa 

Pernambuco corre para conquistar a fábrica de ônibus a hidrogênio que a canadense Ballard quer implantar no Brasil. Diretores da Ballard tratam do assunto diretamente com o governador Eduardo Campos, que é do mesmo PSB do seu colega cearense Cid Gomes. O Ceará conversa com a Ballard há um ano, tendo inclusive enviado ao Canadá uma técnica que conheceu a Ballard e seus projetos. Os ônibus movidos c células a hidropgênio já circulam em grandes cidades da América do Norte e da Europa. Enquanto o Ceará quer comprar 10 ônibus – a um custo de R$ 1,5 milhão cada, Pernambuco quer encomendar 30 ônibus, desde que a Ballard implante sua fábrica brasileira lá em Suape. A propósito: depois de cumprir com êxito todos os testes, entrou em circulação quinta-feira, 16, em São Paulo, o primeiro ônibus brasileiro a hidrogênio, construído pela gaúcha Tuttotrasporti. O chassis é brasileiros, mas a tecnologia é da Ballard.





Nenhum comentário:

Postar um comentário